a Puroesporte: Manipulação de amostras positivas de doping expõe Rússia a sanções severas
Subscribe: flickr

Ads 468x60px

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Manipulação de amostras positivas de doping expõe Rússia a sanções severas


Thomaz Bach diz que COI tomará medidas radicais
Das agências internacionais

O Comitê Olímpico Internacional (COI) garantiu nesta segunda-feira que adotará duras sanções contra a Rússia, após a publicação de um contundente relatório que revelou "um sistema de doping promovido pelo Estado", enquanto a Wada pediu a exclusão do país dos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

O presidente do COI, Thomas Bach, afirmou que entidade esportiva internacional "não hesitará em impor as sanções mais severas possíveis contra todo indivíduo e toda federação envolvida".

Bach afirmou ainda que nesta terça-feira haverá uma reunião por conferência telefônica com a Comissão Executiva do COI que "poderá tomar medidas provisórias e sanções em relação aos Jogos do Rio-2016".

O relatório, redigido pelo professor canadense de direito esportivo Richard McLaren afirmou que o programa de doping foi organizado pelo ministro de Esportes russo, Vitaly Mutko, com a "ativa participação e assistência" dos serviços secretos do país para os Jogos de Inverno de Sochi-2014, assim como para outras competições do país. "O laboratório de Moscou atuou na proteção dos atletas russos dopados com um sistema promovido pelo Estado, descrito no relatório como 'Metodologia para o Desaparecimento de Positivos'", explicou McLaren.

"A Wada pede ao movimento esportivo que impeça a participação dos atletas russos em todas as competições internacionais, incluindo os Jogos do Rio, enquanto não for realizada uma mudança em sua cultura", decretou a Wada.

As agências antidoping de Estados Unidos e Canadá prontamente pediram uma punição que proíba a participação de todos os atletas russos nos Jogos do Rio, que começam em 5 de agosto.  "O relatório McLaren provou, acima de qualquer suspeita, o nível alucinante de corrupção que reina no esporte russo e no governo russo", declarou o diretor da Usada, Travis Tygart.

A Alemanha também pediu a exclusão da Rússia dos eventos esportivos mundiais, enquanto a França solicitou ao COI a adoção de duras penas. O relatório acusa diretamente Vitaly Mutko de orquestrar todo o esquema. Em resposta, a Rússia decidiu suspender temporariamente até o final da investigação os citados no relatório da comissão.

0 comentários: