a Puroesporte: Wada libera Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem para Rio-2016
Subscribe: flickr

Ads 468x60px

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Wada libera Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem para Rio-2016


O Ministério do Esporte e a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) informaram, por meio dos seus sites, terem recebido com satisfação a notícia de que a Agência Mundial Antidopagem (Wada) decidiu, levantar a suspensão provisória que havia imposto no último dia 24 de junho ao Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem (LBCD).


A nota da agência é assinada por Sir Craig Reedie, presidente Comitê Executivo da Wada. A decisão tem efeito imediato.

O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e o secretário nacional da ABCD, Rogério Sampaio, acompanharam nas últimas semanas, ao lado do Comitê Organizador Rio 2016 e do Comitê Olímpico Internacional(COI), o processo de auditoria e de revisão de procedimentos empreendido pela Wada, realizado nos dias 5, 6 e 7 de julho.

Segundo o ministro, a confirmação do laboratório da UFRJ como instituição responsável pela realização dos testes antidopagem durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 reforça a confiança do Ministério do Esporte e da ABCD no trabalho desempenhado pelo LBCD – com mais de 2,5 mil testes efetuados desde a inauguração – e no legado técnico-científico para a luta contra a dopagem no esporte.

Com a decisão, o LBCD segue os preparativos para realizar cerca de 6 mil análises durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, marca superior à dos Jogos de Londres, em 2012. Nas últimas semanas, o preparo logístico para as competições seguiu, segundo informações do próprio laboratório, sem alterações.

Assim, está garantida a recepção de 89 colaboradores internacionais. Em agosto, cerca de 300 profissionais trabalharão em três turnos, para garantir resultados em até 24 horas.

0 comentários: