a Puroesporte: Wada se diz decepcionada com o COI por não excluir Rússia dos Jogos
Subscribe: flickr

Ads 468x60px

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Wada se diz decepcionada com o COI por não excluir Rússia dos Jogos


Das agências internacionais

A Agência Mundial Antidoping (Wada) afirmou nesta segunda-feira que ficou "decepcionada" com a decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI) de rejeitar sua recomendação para excluir todos os atletas russos dos Jogos Olímpicos de 2016, que começam em agosto no Rio de Janeiro.

Em comunicado divulgado hoje, a Wada afirma que a decisão poderia levar a uma "menor proteção dos atletas limpos" e reitera sua sugestão de proibir a participação da Rússia pelas evidências mostradas do chamado relatório McLaren.

"A Wada está decepcionada pelo fato de o COI não ter considerado as recomendações do nosso Comitê Executivo, que estavam baseadas no resultado da investigação McLaren e teriam garantido um enfoque direto, firme e comum", disse o presidente da Wada, Craig Reedie.

O relatório McLaren, feito a pedido da Wada, acusava o governo da Rússia de ter controlado um sistema de doping durante os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, em 2014.

O diretor-geral da Wada, Olivier Niggli, afirmou que o critério estabelecido pelo COI "inevitavelmente levará a uma falta de harmonia, potenciais desafios e menor proteção para os atletas limpos".

O órgão também questionou a decisão do COI de não permitir a participação da russa Yuliya Stepanova, que informou sobre práticas de doping no país, como atleta independente nos Jogos do Rio.

0 comentários: