a Puroesporte: Equipe brasileira de tênis de mesa estreia no Rio 2016 com bom desempenho
Subscribe: flickr

Ads 468x60px

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Equipe brasileira de tênis de mesa estreia no Rio 2016 com bom desempenho


Danielle Rauen venceu a vice-campeã mundial na estreia
A torcida presente no Pavilhão 3 do Riocentro (RJ) pôde vibrar bastante com a estreia dos atletas brasileiros do tênis de mesa. Destaque para Danielle Rauen, que em um jogo bastante emocionante, bateu a chinesa Guiyan Xiong, por 3 sets a 2, com parciais de 5/11; 8/11; 11/9; 11/8 e 11/6.

Com a vitória, a jovem brasileira deu um grande passo para garantir classificação para a segunda fase da classe 9 nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Ela volta à mesa ainda nesta quinta-feira, 8, às 21h20, contra a alemã Lena Kramm.

"Estou muito feliz. A torcida foi incrível, me ajudou muito. Na hora que estava 2 a 1 para ela e eu consegui empatar, tive a convicção de que esse jogo seria meu. No final, a torcida me apoiou muito. Quando vi minha família na arquibancada, tive ainda mais força para conseguir a vitória. Ganhar esse jogo, para mim, foi inexplicável. Nunca imaginei de que poderia vencê-la", declarou Danielle.

Quem também está perto de passar da fase de grupos é Welder Knaf (classe 3). Cabeça de chave do grupo H, o brasileiro não teve dificuldades na estreia e bateu o sueco Victor Sjoqvist por 3 sets a 0 (11/2; 11/4; 11/6).

Luiz Manara também fez uma boa estreia, mas acabou derrotado pelo húngaro Andras Csonka por 3 sets a 0 (11/6; 11/7 e 11/2), mesmo placar da partida entre David Freitas e o sul-coreano Jeong Seok Kim (13/11; 11/9 e 11/7). O experiente Iranildo não conseguiu impor o ritmo de jogo e perdeu para o polonês Rafal Czuper também por 3 a 0 (11/3; 11/4 e 12/10).

Diego Moreira (classe 9), que está no grupo D, por sua vez, fez uma partida equilibrada contra o chinês Yiqing Zhao e, por pouco, não conseguiu levar o jogo para o quinto set. Acabou derrotado por 3 a 1 (11/4; 11/3; 8/11 e 11/9).

Thais Severo (classe 3) teve um grande desafio contra Alena Kanova, pelo grupo E. Emplacou uma boa partida, fazendo um quarto set bastante emocionante, porém, perdeu por 3 a 1 (9/11; 11/8; 11/7 e 17/15). Já Guilherme Costa, que está atuando no grupo C, da classe 2, enfrentou Jan Riapos, da Eslováquia, e perdeu por 3 sets a 0 (11/7; 11/4 e 11/8).

Jennyfer Parinos (classe 9) lutou bastante, mas não conseguiu vencer a turca Neslihan Kavas, saindo da mesa com 3 a 0 desfavorável (11/6, 11/6 e 11/7). Claudiomiro Segatto teve, logo na estreia, uma pedreira: o alemão Valentin Baus. Apesar de ter feito um bom jogo, foi derrotado por 3 sets a 0 (11/9, 11/6 e 11/3). Fechando o primeiro bloco de partidas, Joyce Oliveira teve pela frente ninguém menos que Borislava Peric-Rankovic, da Sérvia, e perdeu pelo mesmo placar, com parciais de 11/4, 11/5 e 11/3.

0 comentários: