a Puroesporte: Ouro e recorde mundial na manhã do terceiro dia de atletismo paralímpico
Subscribe: flickr

Ads 468x60px

sábado, 10 de setembro de 2016

Ouro e recorde mundial na manhã do terceiro dia de atletismo paralímpico


Claudiney Batista foi ouro com direito a recorde
O Brasil vai mantendo um desempenho glorioso nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. No início da tarde deste sábado, 10, Claudiney Batista faturou a medalha de ouro no lançamento de disco F56. O título veio com a marca de 45,33m. Um pouco mais cedo, Petrúcio Ferreira bateu o recorde mundial nos 100m T47.

Claudiney Batista dedicou a conquista ao trabalho que vem realizando. “Vinha treinando muito, sabia que estava preparado. O ouro era uma consequência, e esta medalha veio para coroar. Deu tudo certo com o apoio de todos, torcida e familiares. Então, só tenho a agradecer”, destacou o mineiro.

Outro destaque brasileiro foi Petrúcio Ferreira, nos 100m T47, que bateu o recorde mundial na prova, com 10s67 – a antiga marca era de 10s72. “Vim para correr essa semifinal, tentando fazer uma boa marca e me classificar para a final. Aí na hora em que eu entrei no estádio lotado, vi a empolgação e a alegria do público. Eu diria que isso me deu uma alegria nas pernas, de forma que eu não estava controlando mais, apenas a segui”, brincou o paraibano, que até então tinha o tempo de 10s85 na temporada.

Na segunda eliminatória dos 100m T47, o alagoano Yohansson Nascimento também não deixou a desejar. Numa corrida bastante consistente, fez o melhor tempo de sua carreira, com 10s75. Agora, ele se junta a Petrúcio para representar o país na final, que está marcada para este domingo, às 10h45, com grandes chances de dobradinha no pódio.

Nos 100m T37, Mateus Evangelista mostrou um ótimo desempenho. O jovem venceu a série e chegou a quebrar o recorde paralímpico, com 11s47, mas, depois de alguns minutos, foi ofuscado pelo Charl du Toit. O sul-africano correu para 11s42 e quebrou não só a melhor marca em Paralimpíadas, como também o seu próprio recorde mundial (11s43). Mas Mateus está classificado e brigará por medalha às 10h52 deste domingo.

Confira outros resultados brasileiros:

- Lucas Prado (11s64), Felipe Gomes (11s22) e Ricardo Costa (11s66) avançaram às semifinais nos 100m T11;

- Poliana Sousa ficou em sexta no arremesso de peso F54;

- Paulo Flaviano (12s23) não se classificou para a final nos 100m T37.

0 comentários: