a Puroesporte: O ADEUS DE FABI: Uma campeã em quadra e fora dela
Subscribe: flickr

Ads 468x60px

segunda-feira, 23 de abril de 2018

O ADEUS DE FABI: Uma campeã em quadra e fora dela


Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV
Fabi termina carreira com vice-campeonato na Superliga
Uma das melhores líberos da história do voleibol mundial se despediu das quadras de voleibol neste domingo (22.04). A bicampeã olímpica Fabi colocou o ponto final em um vitoriosa carreira na final da Superliga Cimed 17/18. A defensora foi um dos destaques da campanha das cariocas e, muito emocionada ao final da partida, falou sobre a decisão de encerrar a carreira.

“É uma decisão difícil que já vinha amadurecendo há algum tempo. Acompanhei esses dias as despedidas do Dante e do André Nascimento que foram dois jogadores que me inspiraram. Independentemente de qualquer coisa tinha tomado essa decisão há algum tempo. Estou feliz porque durante 20 anos eu fiz o que eu mais gostava na vida, que é jogar vôlei. Jamais poderia imaginar que chegaria tão longe. Vitória ou derrota faz parte, mas o meu sentimento é de dever cumprido. O voleibol me deu uma oportunidade na vida de me tornar uma pessoa melhor e terminar a carreira disputando uma final de Superliga é muito bacana”, explicou Fabi.

A líbero do Sesc RJ ainda falou sobre a final da Superliga Cimed 17/18. “O Dentil/Praia Clube jogou muito hoje e mereceu esse título. Foi uma equipe montada para ser campeã. Sabíamos que seria difícil. Fico triste pela derrota, mas lutamos bastante durante toda a temporada”, disse Fabi, que ainda deixou uma mensagem para os fãs do voleibol.

"A entrega sempre tem que ser a máxima em tudo na vida. É um privilégio fazer e viver do esporte. Quem me viu na quadra espero que tenha visto muita dedicação e amor pelo que faz”, finalizou Fabi.

0 comentários: